All Posts

UNESCO: literacia mediática como forma de travar discurso do ódio

February 10, 2022

As palavras importam, sublinha a UNESCO a propósito do discurso do ódio. Apesar de não existir uma definição universal, o uso de linguagem depreciativa ou discriminatória em relação a indivíduos ou grupos, com base nas suas crenças, etnias, raças ou nacionalidades, oferece um ponto de partida de relevo para se entender o que é o discurso do ódio. A literacia mediática pode ajudar a contrariá-lo, de acordo com este vídeo.

Entre o debate jurídico sobre os limites da liberdade de expressão que veicula o discurso do ódio e a ação mais ou menos opaca das plataformas tecnológicas, a UNESCO aponta a literacia mediática como uma das estratégias para o combater, de modo a que as pessoas “reconheçam e respondam ao discurso do ódio através do pensamento crítico e da sensibilização para os direitos humanos”.

Este e outros vídeos estão disponíveis entre os recursos do MILObs.