Voltar para as notícias

Vítor Reia Baptista

Agosto 17, 2018

Faleceu um dos pioneiros da Educação para os Media em Portugal

O professor da Universidade o Algarve e especialista em Educação para os Media Vítor Reia Batista faleceu ontem, 16 de agosto, com 64 anos. Era, além de académico de referência, na comunidade das ciências da comunicação, em Portugal e no estrangeiro, um ser humano singular, com uma trajetória de vida riquíssima, que é, em boa parte, desconhecida.

Há alguns anos que lutava pela vida, depois de obrigado a suspender as suas atividades de ensino e investigação. Mantinha escassos contactos fora do seu universo mais chegado. Mas era sempre a mesma cordialidade, atenção e vontade de colaborar que demonstrava.

O último sinal desta personalidade singular foi a sua resposta ao convite que lhe foi dirigido para integrar o Conselho Consultivo do MILobs:

“Muito me honra o vosso convite que agradeço vivamente. Mas a minha situação de saúde continua muito precária e provavelmente não congueguiria dar reposta aos desafios que se virão a colocar aos membros e ao conselho consultivo. De qualquer modo agradeço mais uma vez terem-se lembrado de mim, o que muito me reconforta.”

O Prof. Vítor Reia Baptista foi o fundador e primeiro diretor do curso de Ciências da Comunicação da Universidade do Algarve. Foi nesta instituição que apresentou em 2003 a sua tese de doutoramento, intitulada “A dimensão pedagógica dos media na pedagogia da comunicação: o caso do cinema e das linguagens fílmicas”. Tendo feito estudos de licenciatura e mestrado na Universidade de Lund, na Suécia, toda a sua vida académica acabou por ficar marcada por dois aspetos que valerá a pena salientar e aprofundar: a alfabetização mediática faz sentido enquanto (e no quadro de uma) pedagogia da comunicação; o cinema e a literacia fílmica constituem não apenas um campo de concretização da pedagogia dos media e a comunicação, mas também como terreno fulcral para ler culturalmente o mundo e a vida. Estes são desafios que importa prosseguir, dando continuidade aos interesses e preocupações de Vitor Reia Batista.

Um dos últimos projetos europeus em que participou foi o European Film Literacy, coordenado pelo British Film Institute. Foi também coordenador do Laboratório de Estudos Fílmicos do CIAC – Centro de Investigação em Artes e Comunicação da Universidade do Algarve.

Esta instituição acaba de decretar três dias de luto em memória e homenagem a este seu docente e investigador. Também a SOPCOM – Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação, de que foi fundador, divulgou uma nota de pesar.

O MILobs e as instituições parceiras que o puseram de pé exprimem também a sua tristeza pelo desaparecimento deste companheiro de tantas iniciativas comuns e apresentam os seus pêsames à sua família.