Voltar para as notícias

Na Andaluzia, um concurso promove a capacidade de analisar criticamente as mensagens audiovisuais

Dezembro 3, 2018

É um conjunto de prémios, intitula-se “O Audiovisual na Escola” (El Audiovisual en la Escuela, no original) e realiza-se pela quinta vez na Andaluzia, com a particularidade de se destinar a estudantes e a professores.

A iniciativa é do Conselho Audiovisual da Andaluzia e conta com a colaboração da Fundação Cajasol, da Radiotelevisão andaluza e do Conselho Escolar daquela comunidade autónoma espanhola.

O objetivo destes Prémios é duplo: por um lado, estimular o pensamento crítico dos jovens face às mensagens e conteúdos que lhes chegam através dos meios de comunicação audiovisual e também da Internet; por outro, conduzir à introdução da educação para os media nos estabelecimentos de ensino andaluzes.

Os alunos (dos 6 aos 18 anos) são convidados a apresentar trabalhos audiovisuais ou apenas de áudio onde abordem uma matéria que estejam a aprender em qualquer disciplina a partir de um ângulo relacionado com a literacia mediática. Em alternativa podem, também, abordar questões problemáticas associadas ao uso da Internet, como o ciberbullying, o sexting ou a dependência das novas tecnologias.

Já os professores podem concorrer quer apresentando trabalhos que tenham desenvolvido em contexto escolar com o objetivo de educar para a comunicação audiovisual, quer com uma proposta educativa de incorporação da educação para os media num determinado nível de ensino.

O prazo para apresentação de candidaturas termina a 30 de abril de 2019 e os trabalhos vencedores (há 5 prémios para os alunos, um por nível de ensino e 1 para os professores), se tiverem a qualidade desejada, serão exibidos na rádio ou na televisão andaluza.

Mais informação sobre esta iniciativa pode ser encontrada aqui.