Voltar para as notícias

Literacia Mediática e Serviço Público de Internet são foco do Manifesto do Serviço Público de Media do INNOPSM

Junho 17, 2021

O Manifesto do Serviço Público de Media (The Public Service Media and Public Service Internet Manifesto), promovido pelo InnoPSM (Innovation in Public Service Media Policies), foi apresentado esta 5ªfeira, 17 de junho, num evento online.

O InnoPSM é a rede de pesquisa em inovação nas políticas de serviço público do Arts and Humanities Research Council (AHRC). Tem como principal objetivo facilitar e estabelecer sinergias entre académicos e as organizações de Serviço Público, de forma a promover o desenvolvimento de estratégias para enfrentar os grandes desafios digitais com que o Serviço Público se depara.

A apresentação do documento contou com a presença de Christian Fuchs e Alessandro D’Arma (docentes da Universidade de Westminster, em Inglaterra), Roy Cobby Avaria (doutorando no departamento de Humanidades Digitais da King’s College, em Inglaterra), Leonhard Dobusch (professor na Universidade de Innsbruck, na Áustria), Minna Horowitz (docente na Universidade de Helsínquia, na Finlândia), Luciana Musello (da Universidade de São Francisco de Quito, no Equador), Jack L. Qiu (professor e investigador da Universidade de Singapura), Barbara Thomaß (docente na Ruhr-Universität Bochum, na Alemanha) e Klaus Unterberger (responsável na ORF Public Value, na Áustria).

Considerando o contexto vivido em 2021, nomeadamente, com “a crise pandémica, a aceleração das alterações climáticas, as profundas e persistentes desigualdades sociais, o aumento da polarização política e a crise da infodemia”, o documento propõe a renovação do Serviço Público de Media, assim como a criação de um Serviço Público de Internet. O objetivo é fazer frente a uma internet dominada pelos gigantes digitais e promover a comunicação pública como um propósito da sociedade.

Além deste grande desafio proposto pelo Manifesto, o documento inclui, ainda, uma visão futurista de 2040, em que o Serviço Público de Internet é uma realidade. Aqui, há espaço para a referência à Literacia Mediática, através da criação de um programa colaborativo com as escolas para a divulgação de cursos online e kits educacionais. 

Embora já tenha sido oficialmente apresentado, ainda é possível assinar o Manifesto, podendo fazê-lo através desta hiperligação.

Consulte o Manifesto